Tear Manual

 

 

O que é Tear Manual?

 

  • O tear manual é um aparelho, em que tecelões criam produtos pelo entrelaçamento da urdidura e da trama. Podemos então defini-lo como um equipamento com o qual é possível fazer tecelagem, ou fábrica de tecidos, de espessuras diversas, voltados para os mais diferentes fins. Existem inúmeros tipos e tamanhos diferentes de teares manuais. E um dos mais simples são os teares lineares. Ele é operado manualmente e os mais conhecidos são os de prego. O tear manual é feito com uma base de madeira, pregos ou pinos encaixados de pé numa base a qual dá o formato da peça que você quer tecer. Os pinos e pregos servem para segurar as linhas e com a ajuda de uma agulha passamos a tecer variadas peças. Com esse equipamento é possível criar desde artesanatos simples, como porta copos, até uma colcha de 2,50 sem emendas.

 

 

 

Conheça alguns modelos de Tear Manual da Tear Brasil

 

Tear Linear

Um dos tipos de tear mais fáceis de encontrar é o linear. Ele tem duas fileiras paralelas com pregos ou pinos e a maioria vem com uma regulagem de distância entre as fileiras (calas). Esse formato retangular é ideal para produzir cachecol e tapete, por exemplo. E tem desde teares menores de 20 pregos até outros maiores de 100 pregos.

 

 

 

Tear Circular ou Redondo 

São ideais para fazer Gorro, Boina, Pulseira, Colar, meias, Corda de pular, Tricotin, Gola, Cesto, Bolsa, Amigurumi, Guirlandas entre outros. As linhas são lançadas em cima dos pinos várias vezes e a peça vai ganhando um formato redondo. Tipos de fios que podem ser utilizados com o tear circular: Lãs, Barbantes, Fios de Malha, Fios de Nylon, fios de crochê entre outros.

 

 

Tear Quadrado

Fácil de fazer produtos como: Tapete, Manta, Almofada, Jogo Americano, Descanso de panela, Poncho, Centros e toalha de mesa, Flor, Descanso de copo, entre outros. Tipos de fios que podem ser utilizados com o tear quadrado: Lãs, Barbantes, Fios de Malha, Fios de Nylon entre outros.

 

 

Tear hexagonal

Fácil de fazer produtos como: Renda nhinduti/Tenerife, Tapete, Manta, Almofada, Jogo Americano, Descanso de panela, Poncho, Centros e toalha de mesa, entre outros.  É possível fazer peças iguais e costurar uma na outra, formando um artigo maior. Tipos de fios que podem ser utilizados com o tear hexagonal: Lãs, Barbantes, Fios de Malha, Fios de Nylon, fios de crochê entre outros.

 

 

 

 

 

História do Tear

  • O ato de tecer é uma prática milenar que data do início da civilização as pinturas gregas já nos fala do tear de Circe e de Penélope, que nos mostra a utilização do tear na época da Guerra de Tróia. Essa arte surgiu da necessidade do homem de transformar a lã e o algodão em agasalhos para proteger-se do frio. Iniciou com a cestaria, utilizando fibras flexíveis como algodão, linho e lã, e assim passou a desenvolver vestimentas. No tear, fibras de algodão, linho e lã, tingidas ou naturais, depois de fiadas, são transformadas, nos teares, em peças diversas. Assim o homem, esticando estes fios, amarrados entre uma árvore e o próprio corpo, alternando a trama, improvisou o tear. Ele nos permite a produção manual de mantas, tapetes, cachecóis entre outros diversos tipos de produtos.

 

 

 

 

 

Enviamos suas compras

Entrega em todo o país

Pague como quiser

Cartões de crédito ou à vista

Compre com segurança

Seus dados sempre protegidos